U2SCoffee - Cápsulas de cafeína
Data de início
20 Mar 2018
Estado
Em curso
Pessoas
6
Custo
0.77M
Entidades
1

Código do projeto | POCI-01-0247-FEDER-033351

Designação do projeto | U2SCoffee - Cápsulas de cafeína

Cofinanciado pela União Europeia através do FEDER - Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, enquadrado no COMPETE 2020 - Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização do Portugal 2020.

Objetivo principal | Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de intervenção | Norte

Entidades beneficiárias | BICAFÉ - Torrefacção e Comércio de Café, Lda. (promotor líder); Universidade do Porto; ICETA - Instituto de Ciências, Tecnologias e Agroambiente da Universidade do Porto; INEGI - Instituto de Ciência e Inovação em Engenharia Mecânica e Engenharia Industrial; CVR - Centro para a Valorização de Resíduos

Data de aprovação | 15-05-2018

Data de início | 20-03-2018

Data de conclusão | 19-03-2021

Custo total elegível | 773.151,50 €

Apoio financeiro da União Europeia | 524.635,71 € (incentivo FEDER)

Síntese

Descrição e objetivos

A sustentabilidade dos processos e a valorização dos subprodutos agroalimentares são, atualmente, uma prioridade para entidades nacionais e europeias.
A pele de prata é o principal subproduto da indústria de torrefação do café. Por sua vez, estudos recentes demonstram o potencial da pele de prata como fonte de compostos bioativos com efeito benéfico para a saúde, entre os quais a cafeína.
Neste projeto pretende-se desenvolver novos produtos, em doses unitárias, com teores de cafeína controlados, para preparação de café expresso enriquecido em cafeína, e outros compostos bioativos (antioxidantes, minerais, aminoácidos), visando responder a necessidades específicas do mercado. Os produtos a desenvolver pretendem ser uma alternativa saudável a bebidas energéticas disponíveis no mercado.
Neste sentido, o novo produto será conseguido através de um processo de extração para obtenção desses compostos de origem natural, reaproveitando e valorizando um resíduo, integrando-se assim os princípios da economia circular. O processo a desenvolver visa obter de uma forma eficaz, rápida e ambientalmente limpa, extratos de pele de prata, recorrendo à tecnologia de ultrassons usando somente água como elemento extrator (contrariamente aos métodos convencionais que usam solventes orgânicos).

Objetivos:
- Desenvolvimento de uma cápsula para a obtenção de uma bebida semelhante ao café expresso tendo como perspetiva inovadora o teor aumentado de cafeína (a um nível rigoroso e seguro), recorrendo apenas a produtos oriundos única e exclusivamente da semente do café;
- Valorização e aproveitamento do resíduo obtido durante a torrefação do café reduzindo as quantidades descartadas para o ambiente.

Interesses de cooperação e coopetição Projetos nacionais
Temáticas de cooperação e coopetição Materiais; Sustentabilidade